Quarta-feira, 23 de Julho de 2008

Eu gostava de…

Por um dia (nem precisava de ser tanto… Umas horinhas. Váaaa), não me importava de ser homem, para conhecer melhor o que lhes vai na alma e na cabeça (ainda não está provado cientificamente que têm, mas a esperança é a última a morrer né???). Gostava, ainda, de ser homem para poder ver como é ter corpo de homem hihihi (ei! Nada de mentes depravadas ok? É tudo científico!)
 
- Fazer xixi de pé (sendo mulher também dá. Não dá é muito jeito. Digo eu.)
- Poder andar sem t-shirt na piscina e praia sem um batalhão de gajos a olharem para nós (e nós, claro, a questionar-nos “Oh pá, será que olham porque não as conseguem ver de tão pequeninas que elas são!?!?)
- Poder dizer palavrões sem que as pessoas se admirem e considerem falta de educação (eu já digo e, sinceramente, estou a marimbar-me para quem pensa que sou mal educada! Temos pena…)
- Poder dormir um mês fora de casa dando como única justificação a mensagem: “Mãe, não esperes por mim nos próximos tempos. Não vou dormir a casa. Adoro-te mãezinha”)
- Poder gritar no meio de muitas gajas: “Galinhas: chegou o milho!” (Bem, eu já gritei estas mesmas palavras, no meio de gajas, na palhaçada. Mas, nao lhes soou muito bem, a nao ser às que gostam de febra do mesmo género, e acho que mais um pouco e seria espancada por algumas delas!)
- Poder apanhar altas bebedeiras sem que “pareça mal” ou sem que a minha mãe diga “ai filha, isso numa menina não fica lá muito bem”.
- Poder andar com raparigas dos 15 aos 45. Porque sempre fica bem gabarem-se para os amigos: “Eh pá, se tu visses a pitinha que arranjei… é um doce”, ou, “Eh pá, se tu visses a mulheraça que arranjei… é uma toura”. (Nós, mulheres, também podemos fazer o mesmo. Embora os comentários sejam algo do género: “Eh pá, tu já viste a filha de fulano que anda com aquele garoto? Não tem um pingo de juízo naquela cabeça”, ou, “Eh pá, tu já viste a filha de fulano que anda com aquele velho? Deve ser p’ra lhe sacar algum dinheiro. Não tem um pingo de juízo naquela cabeça”. Por isso minhas queridas, peçam sempre o BI aos moçoilos, não vá ele ser uns dias mais novo ou mais velho que vocês!)
 
Apesar de existirem algumas vantagens, poucas, parvas e insignificantes, a verdade é que é muito melhor ser MULHER.
 
- Somos muito mais asseadas, limpinhas e organizadas (as que são. Ele há por aí cada badalhoca… Jazuz!!!)
- Somos muito mais sensíveis e meiguinhas (e falsas, dissimuladas. Bem, pode-se dizer, cabras!)
- Somos muito mais atentas aos detalhes (“Ó Ana, tu já viste a saia da Sofia?! Que horror… parece um trambolho” – Enquanto isso, pensa onde poderá comprar uma igual!)
- Somos uma classe de cromas, mas cromas especiais. Sempre com muita classe!
 
Quando era pequena agradecia inúmeras vezes o facto de ser rapariga. Os rapazes andavam sempre ao murro e metidos em problemas, enquanto que o meu único e grande problema era não sujar a roupa com o leite que davam na escola e decidir qual o penteado iria fazer às minhas bonecas. Ainda hoje agradeço por ser mulher. Somos e seremos sempre especiais. Embora o mundo não perceba isso. (O que se vê no dia-a-dia!)
Como está a loira:
Gatafunhado Loira às 13:20

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Loirices novas

Até...

...

...

...

Burrice ao cubo!

Get myself arrested...

...

...

...

...

Birrices...

...

...

...

...

Loirices ultrapassadas

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Todas as imagens (salvo as pessoais, claro!) são retiradas da Internet, através do Google.

Quem são os loiros que andam por aqui

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quantos loiros já passaram por aqui

Contador de visitas e acessos gratis
Campings